Inicio » , » Vídeo - UFC 101 - Anderson Silva X Forrest Griffin

Vídeo - UFC 101 - Anderson Silva X Forrest Griffin

Peso Meio Pesado: Anderson Silva x Forrest Griffin
Silva derrotou Griffin por nocaute aos 3:23 do primeiro assalto.

Informações do Evento

 

Data 8 de agosto de 2009
Local Wachovia Center
Cidade Philadelphia, Pennsylvania
Público 17,411
Total arrecadado $3,550,000

 Anderson Silva humilha Forrest Griffin no UFC 101

    Vinte e quatro socos depois Forrest Griffin estava grogue na lona fazendo um sinal para o curitibano Anderson Silva não lhe agredir mais.

    A décima primeira vitória seguida desse brasileiro versado em muay thai (socos e chutes) tornou-se um momento épico para ser lembrado por toda história do MMA (Vale Tudo).

    Uma das surras mais humilhantes vista nesse esporte! O desempenho perfeito de Anderson diante de uma arena lotada, na Filadélfia, com 17.411 espectadores, pela 101ª edição do UFC, durou exatos 3m23s. Nesse tempo, Anderson desferiu 24 socos. 11 deles acertaram o alvo, levando Forrest à lona três vezes. Anderson ainda lançou uma joelhada e um chute, ambos certeiros. Forrest soltou 28 socos a esmo e acertou apenas três, num total de 31 golpes (a maioria jabs). Chutou oito vezes e atingiu três deles.

    Detalhe: o primeiro golpe de Anderson só foi desferido depois de 1m03s de combate, enquanto seu rival, sem encontrar a distância certa, lançava golpes a todo tempo. Antes do combate, Forrest disse que Anderson fazia lutadores bons parecerem ruins. E foi o que lhe aconteceu. O ex-campeão dos meio-pesados (93kg) parecia um novato na frente do campeão dos médios (84kg). Assim que a luta acabou, Forrest saiu direto do octógono para o seu vestiário e ignorou a imprensa e o juiz.

    Muitos acharam que o americano estaria envergonhado por ter levado uma surra.    Entretanto, um técnico de Forrest contou que sua mandíbula acabou deslocada durante o combate. Por isso, ele teria saído com pressa atrás de cuidados médicos assim que a luta terminou. A derrota foi tão humilhante que Quinton Rampage Jackson, atleta vencido de forma polemica por Griffin, gozou da cara dele no seu twiter. Rampage mandou a seguinte frase aos seus seguidores: “Sinto tanta pena do Forrest. Eu não quero mais a revanche, perdedor!”

    O duelo foi travada na categoria do Forrest. Além de um salário polpudo de US$ 250 mil, o desempenho arrasador de Anderson lhe rendeu um bônus de US$ 120 mil (60 mil pelo nocaute da noite e 60 mil pela melhor luta). Se Dana White, poderoso-chefão do UFC, já cogitava pôr Anderson para disputar o cinturão dos meio-pesados, agora a pressão para que isso aconteça será ainda maior.

    Dana considera Anderson o melhor lutador do mundo, independente do peso. Entre os médios, o curitibano pulverizou a categoria com vitórias avassaladoras. No UFC, é o maior vencedor de todos os tempos, com dez vitórias, sendo cinco em defesas de cinturão.

    Em nove anos de MMA, bateu 25 oponentes e perdeu quatro vezes. Apesar da carreira impecável, Anderson vinha de duas vitórias mal vistas pelos fãs e até mesmo por Dana White. Precisava dar show e foi o que fez esta madrugada. Se Anderson se aposentar sem perder no UFC, ele brigará de igual para igual com o russo Fedor Emilianenko pelo posto de maior nome da história do MMA moderno.

Anderson Silva humilha ex-campeão do
UFC, que foge correndo do ringue; veja

Forrest Griffin foi punido em menos de cinco minutos e deu vexame no final

    Campeão dos pesos médios (até 84 kg) do UFC, Anderson Silva foi praticamente obrigado pela organização do evento a enfrentar adversários da categoria de cima (meio pesado, até 93 kg) depois de vencer todos os desafiantes ao cinturão da sua categoria. 
    No UFC 101, porém, seu oponente era respeitável. Forrest Griffin, ex-campeão dos meio-pesados, lutava para se credenciar mais uma vez a disputar o título de sua categoria.
    Sem se intimidar pelos quase 10 kg de vantagem de Griffin, Anderson fez um combate extremamente técnico e deu uma verdadeira aula de MMA para o renomado oponente. O passeio foi tamanho que, logo depois de ser derrotado, Forrest saiu correndo do octógono. Run, Forrest, run... 
    Anderson coloca seu cinturão em jogo contra Vitor Belfort neste sábado (5), no UFC 126.
fonte: r7

Anderson Silva humilha ex-campeão, que foge correndo

     “Run, Forrest. Run!”. Essa frase, imortalizada pelo filme Forest Gump, pode muito bem ser usada em cada replay do combate entre Anderson Silva e Forrest Griffin, realizado em 2009, na 101ª edição do UFC.

    Ágil, o brasileiro desviou dos ataques do ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) rival com maestria para aproveitar todas as oportunidades possíveis para liquidar a fatura ainda no primeiro round.

    O passeio foi tanto que lá pelas tantas o Spider baixou a guarda, em clara demonstração de superioridade, levantando a torcida e deixando Griffin desolado.

    Nocauteado com um jab, o americano, coadjuvante de uma das maiores apresentações da história do octógono, se sentiu tão desprestigiado que resolveu sair correndo antes mesmo do anúncio oficial do resultado.

  fonte: portallicinio
# Compartilhar :

0 comentários:

Postar um comentário

« Pagina Anterior Proxima pagina » Página inicial
 
Copyright © 2015 NocauteTUBE
Editado Por: Mais Template